top of page

Inteligência Artificial no franchising


O futuro está, na verdade, cada vez mais presente em nossas vidas. A inteligência artificial (IA) vem revolucionando o nosso dia a dia e interfere, também, no mundo dos negócios. Não podemos, obviamente, dizer como essa interferência afetará o mercado, mas é certo que a inovação é fundamental para o segmento e é preciso estarmos sempre atentos em como usar a tecnologia a nosso favor.


Uma ferramenta de IA que está na crista da onda e todos estão falando a respeito é o ChatGPT. Ele pode ser usado para melhorar a eficiência das operações dos pontos de venda, reduzir os riscos de furtos, aumentar a satisfação dos clientes, melhorar a comunicação entre os vários stakeholders e muito mais.


O chatbot é um robot de atendimento via web e com diversas integrações para outros aplicativos, e pode ser programado para responder a perguntas frequentes, oferecer sugestões de produtos e até resolver questões técnicas, em tempo real, 24 horas por dia, sem a necessidade de interferência humana. Ele é capaz de atender bem mais clientes, em menos tempo, e a um custo menor do que se fosse feito por humanos. Além disso, ele pode ser personalizado, tratando cada cliente de acordo com sua linguagem e preferências.


E como ele atua em relação às franquias e os franqueados? Mesmo quem não tem muita habilidade com a tecnologia pode usar o ChatGPT para redigir posts e mensagens para seus clientes, com muito mais velocidade e qualidade do que a maioria dos seres humanos, entre várias outras tarefas, como criar um chatbot para atendimento automático.


O uso da IA dentro das franquias também pode ser feito para melhorar a comunicação entre franqueados e franqueadores. É possível usar a tecnologia para se criar um canal eficiente e centralizado, através do qual as informações importantes sejam automaticamente compartilhadas, de forma rápida e clara. Além disso, pode ajudar a monitorar o desempenho de cada franquia, identificando pontos fortes e fracos e fornecendo sugestões para aprimoramento da operação, inclusive com base no que fazem os demais franqueados da rede e, em alguns casos, até no que fazem franqueados de outras redes.


A IA pode, por exemplo, ser usada para ajudar a identificar os candidatos mais qualificados a se tornarem franqueados. Por meio de algoritmos de aprendizado de máquina, a IA pode analisar dados demográficos, histórico financeiro e outros dados relevantes para avaliar a aptidão de um candidato a ser um franqueado bem-sucedido.


Já no marketing, a inteligência artificial pode ser de grande ajuda para segmentar e personalizar as campanhas para os franqueados, aumentando a eficácia das campanhas e a satisfação dos franqueados.


Outra vantagem da IA: pode ser usada para fornecer suporte aos franqueados, ajudando-os a gerenciar suas operações diárias, responder a perguntas e solucionar problemas técnicos. Além de, também, ser usada para analisar grandes quantidades de dados, tanto para a rede franqueadora quanto para cada franquia individual. Isso pode ajudar a identificar tendências, identificar pontos fracos e aprimorar a eficiência e o sucesso geral do sistema de franchising.


Se você é um franqueado ou franqueador e ainda não está pensando em inserir a inteligência artificial no seu dia a dia, você pode ficar atrás no mercado e, consequentemente, de sua concorrência.


A tecnologia está aí para nos ajudar a gerir e vender de forma mais eficiente e ampla. E como estamos falando de Franchising 4.0 é fundamental que seja melhorada a eficiência na gestão de seus franqueados.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page