top of page

Franquias home-based ocupam quase 15% do franchising brasileiro

Atualizado: 24 de ago. de 2022


Confiança, praticidade e, ainda, entrega rápida, são características do mercado online que transformaram a forma de comprar de muita gente. Uma prova da força desse segmento é o faturamento das vendas pela internet que cresceu 25,31% em janeiro de 2022 em relação ao ano anterior. Os números comprovam o quanto o mercado digital é uma opção atrativa para o atual momento e para o futuro.


Segundo um estudo da empresa de pesquisa de mercado eMarketer, há dois anos, apenas 17,8% das vendas eram feitas a partir de compras online. Esse número deve chegar a 21% em 2022, um aumento de 17,9% na participação do mercado de comércio eletrônico e com a movimentação de US$ 5,55 trilhões. A previsão é que esse crescimento continue e chegue a 24,5% até 2025.


As compras online acabaram se tornando um hábito do consumidor brasileiro e isso tem impulsionado o mercado. Afinal, independente da oferta do produto, há espaço para a venda feita pela internet. Algumas franquias ressaltam que nos primeiros meses de 2022 o aumento das vendas online chegou a ser de 25% em comparação com o ano anterior.


E por se tratar dessa facilidade de apresentação dos produtos e serviços, as franquias estão minimizando os seus custos com locação e, assim, o modelo home-based, ou mesmo home-office, está ocupando mais espaço no franchising. No Brasil, atualmente, já chega a quase 15% do total de franquias.


O mercado digital veio para ficar e vai se fortalecer mais e mais. E as franquias que operam neste modelo são ideias para quem busca empreender com pouco espaço de tempo.

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page