top of page

É possível empreender sozinha


Apesar do empreendedorismo feminino vir ganhando cada vez mais espaço no Brasil nos últimos anos, muitas mulheres ainda têm receio de gerir os próprios negócios sozinhas.


Um número cada vez maior de mulheres está tendo atitudes empreendedoras na gestão dos negócios ou de suas carreiras. Segundo dados do Sebrae, existem cerca de 9,3 milhões de empreendedoras no país, o que corresponde a 34% dos donos de um negócio.


Apesar dessa evolução, o cenário ainda está aquém do potencial de contribuição das mulheres para os negócios e para a economia, pois muitas delas têm medo de dar o primeiro passo para empreender.


Somente no Brasil, segundo levantamento feito pelo Aladas, Movimento que criou uma plataforma de cursos de soft e hard skills voltada para o público feminino que quer abrir ou gerir um negócio, 24 milhões de mulheres têm o desejo de empreender no Brasil, mas 43% não empreendem por medo de falhar.


Muitas vezes, a saída encontrada por elas para tomar essa injeção de coragem é buscar um (a) sócio (a) para sua empreitada, o que nem sempre é o melhor caminho. Por isso, é fundamental poder contar com o apoio de quem tem expertise em franchising e pode auxiliá-las de todas as formas possíveis, inclusive motivacional.


Este é o papel da 300 Consultoria & Educação. Mostrar a estas mulheres com gana empreendedora que elas podem, são capazes e vão conseguir realizar o sonho de ter o seu próprio negócio. Com a 300C elas adquirem conhecimento e suporte para seguir em frente e ir além.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page